Design para o Agrobusiness
Postado por Tatiani Fistarol 13/01/17

Agrobusiness  ou agronegócio como é tradicionalmente conhecido no Brasil, é o setor produtivo que abrange o desenvolvimento de atividades de agricultura e pecuária: frutas, grãos, vegetais, hortaliças, embutidos e uma série de produtos que fazem parte de nossa alimentação diária.  
  No período de janeiro a setembro de 2016, o agronegócio no Brasil apresentou um crescimento de 4%, e embora o número pareça baixo, é otimista se compararmos com a queda apresentada em setores como varejo e metal mecânico.
  Devido a suas características naturais como clima, solo, água e luminosidade, nosso país possui condições favoráveis para o desenvolvimento do agronegócio. É o quinto país no mundo que possui possibilidade de expansão da capacidade agrícola, respeitando o meio ambiente. Além disso, possuímos 388 milhões de terras cultiváveis e 13% da água doce do planeta.
A fruticultura é uma das atividades que confere destaque nacional a Serra Gaúcha, não apenas pela vitivinicultura, mas também pela produção de maçã, caqui, pêssego, ameixa, figo, morango e outros.
     Além da preocupação com a qualidade no cultivo e seleção das frutas, a apresentação no ponto de venda é fator decisivo para a lucratividade do negócio, pois o consumidor precisa perceber o valor agregado ao coloca-lo em seu carrinho de compras. Considerando que muitas vezes tais produtos são vendidos in natura sem uma embalagem onde seja possível explorar através de elementos de comunicação, suas características e benefícios, esta tarefa nem sempre se torna fácil.
   É justamente neste contexto que a aplicação do design apresenta-se como uma solução, na criação de um nome comercial forte, uma identidade visual ou na concepção de elementos que auxiliem na identificação dos produtos, como selos, rótulos e cintas, além de sinalizadores no ponto de venda.
     Na imagem que abre este post você confere alguns exemplos de aplicação do Design no agronegócio.

Compartilhe

separador